11905780_10153200984926799_5702884925448527007_n.jpg

Olá.

Bem-vindos ao meu blog. Aqui partilho diariamente o meu estilo de vida saudável, lifestyle pessoal, as minhas aventuras na cozinha, o que gosto e tudo o que me motiva. 

Os óleos essenciais mudaram a minha pele (juro!)

Os óleos essenciais mudaram a minha pele (juro!)

Continuo sem uma receita específica. Quase todos os dias faço misturas diferentes, mas para já a qualidade da minha pele melhorou (muito), já sem falar na hidratação e brilho que raramente conseguia obter. Esta é a parte em que escrevo que os óleos essenciais mudaram a minha pele e exageradamente, a minha vida.

Deixo-vos uma primeira partilha e explicação sobre estes pequenos elixires de beleza, sendo que fica a promessa que esta é a primeira de muitas conversas que vou ter contigo sobre este tema.

 

Aqui vamos nós...

Os óleos essenciais são substâncias voláteis extremamente concentradas, que possuem princípios ativos de acordo com suas composições químicas. Dependendo da planta, o óleo essencial terá características diferenciadas de aroma, cor e densidade.

Os óleos essenciais podem ser usados diluídos em veículos carreadores sobre a pele, através de massagens, cremes, loções, gel, puro, entre outros.

 

Curiosidade: em geral, são necessários muitos quilos de plantas para extrair uma quantidade pequena de óleo essencial. Por exemplo, para extrair 1 litro de óleo de lavanda, são necessários 350kg de flores de lavanda.

 

Além dos benefícios físicos e emocionais quando utilizados na aromaterapia, os óleos essenciais também possuem aplicações medicinais excecionais. Muitos óleos essenciais são antissépticos e estão entre os mais potentes protetores da natureza contra as bactérias e outros organismos infeciosos. Existe uma lista quase interminável de usos terapêuticos, e a ciência continua a descobrir mais sobre eles a cada ano.

 

Dilui os óleos essenciais em um óleo de base ou em água caso queiras aplicá-lo diretamente na pele.

O óleo vegetal carreador é uma gordura extraída das plantas (geralmente sementes), que na aromaterapia é utilizada como base, como substrato para a diluição dos óleos essenciais que, sozinhos, são muito concentrados.

Além de servir como base, os óleos possuem diversas vitaminas que nutrem e hidratam a pele (e os cabelos) profundamente, e podem ser utilizados sozinhos em tratamentos estéticos corporais (ex: semente de uva), faciais (ex: rosa mosqueta) e capilares (ex: argão).

O óleo de amêndoas, óleo de damasco, óleo de semente de uva, óleo de jojoba e óleo de abacate são ótimos óleos de base, pois não possuem odores fortes, o que faz com que não subjuguem ou entrem em conflito com os óleos essenciais.

 

Como utilizar?

1. Para uma solução que será aplicada numa área específica do corpo de um adulto: prepara uma solução de 3%-5%. Adiciona 3 a 5 gotas de óleo essencial para cada colher de chá de óleo de base ou água. Esta diluição é ideal para a aplicação de uma pequena quantidade de óleo nas têmporas ou pulsos.

2. Para uma solução que será aplicada numa área considerável do corpo de um adulto: prepara uma solução de 1%. Adicione uma gota de óleo essencial para cada colher de chá de óleo de base ou água. Esta diluição é ideal para massagens ou para sprays corporais.

3. Se vais utilizar o óleo essencial num bebe, prepara uma solução fraca de 0,25%. Adiciona uma gota de óleo essencial para cada 4 colheres de chá de óleo de base ou água.

4. Para utilizar óleos essenciais no banho, adiciona de 3 a 5 gotas aos sais de banho ou à uma colher de chá de óleo de base e despeja esta mistura na água. Misturar o óleo essencial com um óleo de base antes de adicioná-lo à água do banho evitará o contato direto com a pele, o que poderia causar irritações.

Tracy Anderson na cozinha

Tracy Anderson na cozinha

Being strong is beautiful

Being strong is beautiful